PMs passam por instrução e fazem simulação de negociação em casos com reféns em Piracicaba, SP

Policiais também foram qualificados para ocorrências com pessoas com propósitos suicidas ou outras condições emocionais. No retorno ao trabalho, equipe resgatou mulher em ponte.

Trinta e três policiais militares participaram de uma instrução sobre negociação em ocorrência com reféns, pessoas com propósitos suicidas e outras condições emocionais, e de atirador ativo, em Piracicaba (SP), na sexta-feira (5). A qualificação foi teórica e prática e no retorno ao trabalho uma equipe resgatou uma mulher na Ponte do Mirante.

A instrução foi ministrada pelo 1° sargento William Vieira da Silva, das Rondas Ostensivas Tobias de Aguiar (Rota), com os efetivos de todas as Companhias de Piracicaba e Força Tática, na Faculdade de Educação Física da Universidade Metodista de Piracicaba (Unimep), campus Taquaral.

Entre as atividades foram realizadas simulações de negociações baseadas em fatos que já ocorreram na Polícia Militar do Estado de São Paulo. O evento contou com a participação do efetivo das equipes de radiopatrulhamento padrão, responsáveis pelos primeiros atendimentos de ocorrências via telefone de emergência 190.

Resgate

No trajeto de retorno ao serviço operacional, uma equipe de PMs se depararam com uma mulher que estava sobre a Ponte do Mirante, na divisa entre os bairros Vila Rezende e Centro, com o propósito de se atirar no Rio Piracicaba após uma crise conjugal, segundo a corporação.

Com a ajuda de moradores, o cabo Juliano estabeleceu um vínculo de confiança com a mulher e a equipe acionou o Corpo de Bombeiros e médicos do Grupo de Resgate e Atenção às Urgências e Emergências (Grau), para apoiar na condução dela à Unidade de Pronto Atendimento (UPA) Vila Rezende, onde foi medicada e permaneceu internada. “A equipe não imaginava colocar em prática conhecimentos adquiridos em tão curto tempo”, comunicou a corporação.

 

CLIQUE NA IMAGEM E FALE DIRETO PELO WHATSAPP
ÁGIL DPVAT