Polícia Ambiental fecha ‘rinha de galo’ e multa suspeito em R$ 104,5 mil

Autoridades apreenderam 33 galos, além de arenas e utensílios usados em disputa ilegal. Outros 11 pássaros eram mantidos em cativeiro, segundo a polícia.

A Polícia Militar Ambiental fechou na terça-feira (11) um local na zona rural de Batatais (SP) suspeito de ser utilizado para rinhas de galo. Um suspeito de promover a prática ilegal, além de manter pássaros em cativeiro, foi multado em R$ 104,5 mil.

Após uma denúncia anônima, os agentes encontraram 33 galos que podem ter sido usados nas brigas, além de arenas com manchas de sangue e utensílios para competições como esporas e biqueiras.

clique na imagem e saiba mais

No local também foram encontrados 11 pássaros em gaiolas, uma delas com uma armadilha, indicando que a ave tinha acabado de ser capturada. O suspeito foi autuado e multado em R$ 99 mil pela suspeita de promoção das rinhas de galo e em R$ 5,5 mil por manter espécies em cativeiro.

Os pássaros foram entregues aos veterinários do Bosque Municipal Fábio Barreto, em Ribeirão Preto (SP), para avaliação e posterior reintrodução na natureza.