Polícia Civil confirma racha em acidente que matou psicóloga e pede prisão preventiva de motorista

Inquérito foi concluído e o motorista, um dentista de 24 anos, foi indiciado por homicídio doloso, quando há intenção de matar, com o agravante de embriaguez ao volante.

A Polícia Civil concluiu nesta segunda-feira (10) o inquérito que investiga as causas do acidente que matou a psicóloga Maria Flávia Camoleze, em Assis (SP), na madrugada do dia 1º de maio.

De acordo com as investigações, o motorista do carro em que Flávia estava, o dentista Murilo Almeida Machado, de 24 anos, disputava um racha antes de perder o controle do veículo e bater no pilar de um estabelecimento comercial. Novo vídeo abaixo mostra carros em alta velocidade antes de acidente.

O delegado responsável pelo caso, Marcelo Armstrong Nunes, pediu a prisão preventiva de Murilo por homicídio doloso, por ter assumido o risco de matar, com agravante por embriaguez e disputa ilegal no trânsito. O pedido será analisado pela Justiça.

No dia do acidente, Murilo chegou a ser preso em flagrante por apresentar sinais de embriaguez, mas foi liberado após pagar fiança de R$ 7,7 mil. Nossa reportagem entrou em contato com o advogado de defesa de Murilo, porém ele disse que não irá se manifestar sobre o caso.

“Durante as investigações, foram inqueridas diversas testemunhas que comprovam a ingestão de bebida alcoólica em três estabelecimentos diferentes. Conseguimos imagens dele consumindo bebidas nesses locais por um tempo e também os laudos periciais e as imagens que mostram os veículos em alta velocidade em uma das principais avenidas da cidade, que falam por si só. Os dois carros estão claramente disputando como é vulgarmente conhecido um racha”, explica o delegado.

O motorista do outro carro que aparece nas imagens já se apresentou a polícia e foi ouvido na semana passada. Segundo o delegado, ele também vai responder pela disputa ilegal no trânsito e pela omissão de socorro, já que ele saiu do local logo após o acidente sem prestar assistência à vítima.

CLIQUE NA IMAGEM E FALE DIRETO PELO WHATSAPP
ÁGIL DPVAT