Polícia Civil detém estudante que armazenava ilegalmente cobras dentro de casa em SP

Foram apreendidos três répteis sem as devidas licenças de órgãos ambientais.

A Polícia Civil deteve um estudante, de 18 anos, que armazenava cobras exóticas e silvestres em sua casa. O flagrante aconteceu nesta terça-feira (22), na Vila Progresso, na zona leste da capital de São Paulo.

A ação foi deflagrada por agentes da 2ª Delegacia de Investigações sobre Infrações contra o Meio Ambiente (Diima), do Departamento de Polícia de Proteção à Cidadania (DPPC).

clique na imagem e saiba mais

Após trabalho investigativo, as equipes se deslocaram até o imóvel e encontraram três cobras – duas corns snakes e uma jiboia de quase 2 metros. Elas eram mantidas sem as devidas licenças de órgãos ambientais e foram encaminhadas ao Centro de Manejo e Conservação de Animais Silvestres de São Paulo. 

Os fatos foram registrados por meio de termo circunstanciado e o responsável autuado por crime ambiental e liberado, comprometendo-se a comparecer à Justiça.