Polícia Civil e GCM fecham festa clandestina com 30 pessoas em chácara na cidade de Araras, SP

Responsáveis por organizar o evento foram levados para a delegacia e liberados após prestarem depoimento. Quem estava no local não cumpria as regras de prevenção ao coronavírus, segundo os investigadores.

Uma festa clandestina com cerca de 30 pessoas foi interditada pela Polícia Civil na madrugada deste sábado (20), em uma chácara no bairro Elihu Rootem Missal, na zona rural da cidade de Araras (SP). A ação contou com apoio da Fiscalização da Prefeitura Municipal e da Vigilância Sanitária.

De acordo com os policiais, além de descumprir as regras para evitar a propagação do coronavírus, havia bebidas alcoólicas e menores de idade no local. Os responsáveis por organizar o evento foram levados para a delegacia e liberados após prestarem depoimento.

O boletim mais recente da Vigilância Epidemiológica, aponta que o município tem 8.392 casos confirmados de coronavírus e 139 seis pessoas que morreram em decorrência da Covid-19. Nossa reportagem falou com exclusividade com o delegado Tabajara Zuliani dos Santos, responsável pelo setor de inteligência da Polícia Civil. Ouça abaixo:

clique na imagem e saiba mais

ÁGIL DPVAT