Polícia Civil esclarece sobre ameaças de “ataque” na Escola Estadual Dr. Cesário Coimbra e tranquiliza população de Araras, SP

A informação inicial era de que um aluno estaria dentro da escola, supostamente armado, ameaçando a vida e integridade física de alunos, professores e funcionários.

Postagens feitas por um adolescente em redes sociais alertaram para um suposto massacre que ocorreria, nesta quinta-feira (28), na Escola Estadual Dr. Cesário Coimbra em Araras (SP). 

A informação inicial era de que ele estaria dentro da escola, supostamente armado, ameaçando a vida e integridade física de alunos, professores e funcionários. De posse desta informação, o comando da Guarda Civil Municipal imediatamente se deslocou até a escola para averiguação.

Leia também:

Bullying envolvendo alunos

Ficou constatado que tudo não passou de uma brincadeira de mau gosto ou até mesmo bullying envolvendo alunos, não correspondendo a verdade dos fatos. A GCM apresentou o caso à Polícia Judiciária que irá adotar as providências cabíveis.

O jovem que fez as ameaças já foi identificado, é um ex-aluno que não frenquenta a escola há algum tempo. De acordo com o delegado Tabajara Zuliani dos Santos, responsável pelo setor de inteligência da Polícia Civil, foi feita uma diligência até a casa do ex-aluno, onde após autorização da mãe, foi feita uma revista minuciosa na casa e nenhuma arma foi localizada. Ouça abaixo:

 

CLIQUE NA IMAGEM E FALE DIRETO PELO WHATSAPP