Polícia Civil identifica e prende quatro criminosos por furtos a comércios no interior de SP

Policiais da Delegacia de Investigações Gerais (DIG) de Registro prenderam crimionosos nesta quinta-feira (27) e aprenderam veículos utilizados nos furtos.

Quatro autores de furtos em estabelecimentos comerciais em Registro, no interior de São Paulo, foram presos após serem identificados pela Polícia Civil. Os homens, de 24, 34, 37 e 45 anos, estão envolvidos em um furto que ocorreu no dia 2 de maio, no bairro Vila São Nicolau. Os indivíduos foram identificados após a polícia descobrir o envolvimento de um ex-funcionário.

Policiais da Delegacia de Investigações Gerais (DIG) de Registro prenderam os criminosos nesta quinta-feira (27), e aprenderam veículos utilizados nos furtos. As investigações começaram após a ocorrência do dia 2 de maio, quando foram levadas duas caixas contendo diversas peças de carnes nobres durante a noite.

As equipes tomaram conhecimento do crime no dia seguinte, após o registro do boletim de ocorrência feito pelo proprietário do comércio. Com o início das investigações, as autoridades descobriram que um ex-funcionário do estabelecimento havia mandado fazer cópias de uma chave para ter acesso ao pavimento superior, onde ficam os alimentos.

Os investigadores apuraram que já havia ocorrido outros furtos no local, com a ajuda do ex-funcionário, e que este se associou a outros três homens que o auxiliaram nos crimes. Foi apurado, ainda, que eles utilizavam seus veículos particulares para praticar os furtos.

A equipe conseguiu mandados de busca e apreensão para a residência dos suspeitos, com acesso, inclusive, ao conteúdo dos celulares. Nesta quinta-feira, a polícia deu cumprimento a cinco mandados, realizando buscas simultâneas nos municípios de Jacupiranga e Cajati.

Durante as buscas, foram apreendidos quatro veículos utilizados na prática dos crimes e três celulares dos suspeitos. Os objetos serão analisados pelo setor de inteligência, e servirão como base para a próxima etapa da investigação. Além deste, outros nove crimes de furto qualificado foram esclarecidos pelos policiais civis, e as investigações prosseguem.

CLIQUE NA IMAGEM E FALE DIRETO PELO WHATSAPP
ÁGIL DPVAT