Polícia Civil investiga estupro de bebê de 1 ano no interior de SP

Caso ocorreu na terça (11) e laudo do Instituto Médico Legal (IML) comprovou violência sexual.

A Polícia Civil está investigando o estupro de uma bebê de 1 ano, em Dourado (SP), que ocorreu na terça-feira (11), quando ela estava com uma babá. O inquérito deve ser concluído em até 30 dias.

Nesta quarta-feira (19), o laudo do Instituto Médico Legal (IML) comprovou a violência sexual. A Polícia também aguarda para saber se o material colhido será suficiente para fazer um exame de DNA.

clique na imagem e saiba mais

Suspeitos

De acordo com o delegado responsável pelo caso, Reinaldo Lopes Machado, estão sendo ouvidas todas as pessoas que tiveram contato com a menina no dia.

Nesta semana, foram colhidos os depoimentos da babá e de seu marido, que relatou estar sendo acusado pela população e recebendo ameaças de morte.

“Estamos ouvindo todo mundo que teve contato com a criança no dia e trabalhamos com afinco neste caso. Não temos, por enquanto, nenhuma pessoa que possamos indicar como autor do caso e pedimos para a população evitar esse tipo de coisa, porque já passamos por situações como essa no passado”, explicou.

Entenda o caso

Na terça-feira (11), a criança estava com a babá, quando o pai da vítima foi buscá-la e a levou para casa. Com a chegada da mãe na residência, ele comentou que a criança estava chorando, e ela decidiu levá-la ao pronto-socorro do município.

No hospital, os médicos perceberam vermelhidão nas partes íntimasda bebê e encaminharam a família para a Santa Casa de São Carlos para realização de exames. “O médico atesta que não houve acidente, tudo indica que a menina foi violentada”, disse o delegado.

*Com informações do A Cidade ON/São Carlos