Polícia Civil investiga tentativa de homicídio contra guarda municipal de Sumaré, SP

Homem de 38 anos, que também é candidato a vereador no município, foi baleado quando voltava para a casa; ele revidou e atirou nos suspeitos. Vítima dirigiu até condomínio onde mora e foi levado a hospital. Ninguém foi preso.

A Polícia Civil investiga uma tentativa de homicídio contra um guarda civil municipal de Sumaré (SP), na noite de quarta-feira (11). De acordo com a corporação, o agente de 38 anos, que também é candidato a vereador no município, foi baleado quando estava dentro do carro voltando para a casa com a mulher, em uma estrada que liga os jardins Nova Veneza e Santa Maria. Ele foi encaminhado a um hospital e permanece internado.

Segundo o boletim de ocorrência, o guarda municipal reduziu a velocidade do veículo para passar em uma lombada, foi cercado por dois suspeitos em uma moto e baleado na barriga. O homem estava de colete a prova de balas e, por isso, não teve ferimentos mais graves. A vítima estava armada e revidou contra os dois criminosos. Houve troca de tiros. Ninguém foi preso até a publicação.

clique na imagem e saiba mais

Depois de ser atingido, o rapaz dirigiu por 1,5 quilômetro até o condomínio onde mora, no Jardim Santa Maria, e parou o carro em cima da calçada, atingindo um alambrado do local. Equipes da Polícia Militar e da Guarda Civil Municipal fizeram buscas na região para tentar localizar os criminosos. A Polícia Científica foi acionada e fez a perícia no local, além do carro do agente, que tinha duas marcas de tiro.

A arma dele também foi periciada. O guarda foi encaminhado ao Hospital Estadual de Sumaré e segue em observação. O caso foi registrado na delegacia do município como tentativa de homicídio.