Polícia Civil prende acusado de incendiar escola particular no interior de SP

Chamas destruíram a secretaria da escola e uma sala de aula em Itaporanga (SP). Segundo a polícia, homem foi detido após dar entrada com queimaduras em um hospital de Sorocaba.

A Polícia Civil prendeu na madrugada de quinta-feira (19), um homem acusado de incendiar uma escola particular na madrugada desta quinta-feira (19), em Itaporanga (SP). Segundo o Corpo de Bombeiros, as chamas destruíram a secretaria da escola e uma sala de aula.

De acordo com a Divisão Especializada de Investigações Criminais (DEIC) de Sorocaba, o indivíduo foi preso depois de dar entrada com queimaduras no Hospital Regional de Sorocaba.

A polícia informou que ele foi localizado por agentes do Grupo de Operações Especiais (GOE), por meio do trabalho de inteligência policial, e que teve queimaduras por todo o corpo por causa da explosão que ocorreu durante o incêndio.

Conforme os bombeiros, a explosão também resultou na quebra de vidros e queda de um portão. A corporação informou que, apesar dos estragos, não havia ninguém na escola no momento do incêndio, além do criminoso. Por isso, mais ninguém se feriu.

O homem foi preso em flagrante e permaneceu internado no hospital para receber cuidados médicos. De acordo com a Polícia Civil, o crime foi motivado por divergências comerciais.

Ainda conforme os bombeiros, a equipe já suspeitava de incêndio criminoso porque encontrou galões com resíduos de gasolina e um pulverizador agrícola na escola. Uma equipe da Defesa Civil irá até o local para avaliar os danos no prédio.

CLIQUE NA IMAGEM E FALE DIRETO PELO WHATSAPP
ÁGIL DPVAT