Polícia Civil prende homem que matou ex-mulher a facadas em Limeira, SP

Equipes da DIG e DDM participaram da prisão do homem de 38 anos, diz delegado. Segundo testemunha, ele teria se escondido em porta-malas para para cometer o crime.

Foi preso no final da tarde desta terça-feira (20) o assassino da ex-mulher, Micheli de Paiva Lima Goulart, ocorrido durante a madrugada do mesmo dia. De acordo com o delegado seccional da cidade, Antônio Luis Tuckumantel, a prisão foi realizada por equipes da Delegacia de Defesa da Mulher (DDM) e da Delegacia de Investigações Gerais (DIG).

O criminoso que nã teve o nome divulgado, foi encaminhado à sede da DIG para prestar depoimento. Micheli tinha 24 anos e foi morta a facadas. O ex-marido tem 38 anos. O casal estava separado há cerca de dois meses e tinha uma filha de 2 anos.

De acordo com uma amiga da vítima, elas estavam em uma casa de shows e, quando saíram do local, perceberam que o homem estava escondido no porta-malas. Ele então atacou a jovem com facadas e depois fugiu.

clique na imagem e saiba mais

Uma ambulância do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) chegou instantes depois e confirmou a morte da jovem, que ainda estava dentro do carro. O corpo da vítima foi encaminhado para o Instituto Médico Legal (IML) de Limeira.

O velório foi marcado para quarta-feira (21), às 13h, e o enterro para às 16h no Cemitério Parque. Esse é o terceiro feminicídio que aconteceu na cidade este ano. O caso foi registrado na Delegacia Seccional de Limeira.

Micheli de Paiva Lima Goulart, vítima de feminicídio em Limeira — Foto: Reprodução/Facebook

Ameaças

Uma amiga da vítima disse que a mulher já recebia ameaças do ex-companheiro e que pretendia registrar um boletim de ocorrência em breve. Segundo ela, que preferiu não ter o nome revelado, a mulher tinha medo de encontrar com ele.

“Ela já tinha me falado que ele estava ameaçando […] Ela falou que na próxima ameaça que tivesse, ela ia fazer um boletim de ocorrência e ela estava com medo, e que ela estava saindo com medo de encontrar com ele”.

Homem teria se escondido no porta-malas de um carro à espera da vítima, de acordo com relato de testemunha que presenciou o crime — Foto: Arquivo pessoal