Polícia Civil prende jovem acusado de matar esposa por asfixia em Limeira, SP

Rapaz tem 21 anos e foi localizado em Elias Fausto (SP). Segundo a corporação, depois do crime ele foi até a casa da mãe e confessou que tinha estrangulado a vítima até ela desmaiar e fugiu.

A Polícia Civil prendeu, na tarde desta terça-feira (20), o jovem Felipe da Silva Juliani, de 21 anos, acusado de ter matado a esposa Adriene Pereira Mota, de 25 anos estrangulada, em Limeira (SP), na última quinta-feira (15), no Jardim do Lago.

Segundo a Polícia Civil, depois do crime, Felipe foi até a casa da mãe, contou que eles tinham brigado e confessou que estrangulou a vítima até ela desmaiar e depois fugiu. Adriene foi encontrada caída no chão no quarto do casal.

Ainda segundo a Polícia Civil, ele foi encontrado nesta terça-feira em Elias Fausto (SP) e levado para a DIG -Delegacia de Investigações Gerais de Limeira.

O crime

Segundo informações do boletim de ocorrência, a Polícia Militar foi acionada por volta de 23h30 para verificar o apartamento onde a vítima morava.

O chamado foi feito pela cunhada da vítima, que relatou aos policiais que o irmão dela esteve na casa da mãe deles por volta de 16h dizendo que tinha brigado com a esposa, “agarrando-a pelo pescoço e deixando ela no apartamento desmaiada”.

A porta estava trancada e precisou ser arrombada pelos policiais. Adriene foi encontrada caída no chão do quarto do casal, já sem vida. A perícia foi acionada e o corpo encaminhado para o Instituto Médico Legal (IML).

CLIQUE NA IMAGEM E FALE DIRETO PELO WHATSAPP
ÁGIL DPVAT