Polícia Civil prende no litoral de SP um dos envolvidos no caso do jovem ararense morto com golpes de picareta

PUBLICIDADE

Homem de 25 anos foi detido em Itanhaém (SP) por policiais do SIG, Dise e Força Tática da PM. A vítima Ezequiel Oliveira tinha 22 anos e morava em Araras (SP).

A Polícia Civil de Aguaí (SP) prendeu na noite de quinta-feira (2) um dos envolvidos na morte do jovem de 22 anos que morava em Araras (SP). O corpo foi encontrado na terça-feira (31) com uma picareta cravada na cabeça.

Segundo a polícia, o motivo do crime pode estar ligado ao tráfico de drogas. O rapaz de 25 anos preso negou que tenha cometido o homicídio. Os policiais do Setor de Investigações Gerais (SIG) realizaram diligências em Araras e descobriram que um dos envolvidos no crime teria fugido para Itanhaém, no litoral de São Paulo.

A equipe comandada pelo delegado Jorge Mazzi seguiu para o litoral paulista na quinta-feira e conseguiu prender o indivíduo que também mora em Araras e que conhecia a vítima. A ação contou com o apoio dos policiais da Delegacia de Investigações Sobre Entorpecentes (Dise) e da Força Tática da Polícia Militar de Itanhaém.

PUBLICIDADE

De acordo com o delegado, no momento da prisão ele foi flagrado com diversas porções de drogas que ele pretendia vender para fugir para o Rio de Janeiro. Mazzi informou que o indivíduo é ligado a uma facção criminosa e tem diversas passagens por tráfico.

Autuado em flagrante, ele teve a prisão temporária decretada. “As investigações prosseguem para identificar outros envolvidos neste grave crime. Após prestar depoimento, o preso foi encaminhado para a cadeia de Peruíbe, também no litoral”, disse o delegado.

O crime

O corpo do jovem, estava em uma estrada de terra da zona rural, próximo à Rodovia Deputado Ciro Albuquerque (SP-225), que liga Aguaí a Pirassununga, no interior de São Paulo.

De acordo com a Polícia Militar, o corpo foi encontrado pelo administrador de uma fazenda na noite de terça-feira. A vítima estava com uma picareta cravada na cabeça. Segundo o delegado, o jovem foi golpeado sete vezes.

PUBLICIDADE
CLIQUE NA IMAGEM E FALE DIRETO PELO WHATSAPP