Policia Federal fará protesto nacional por reajuste de salários da categoria

Indicativo de paralisação também foi aprovado em assembleia, mas ainda deverá ser ratificado em outro encontro no dia 2 de maio.

Delegados da Polícia Federal anunciaram que vão realizar um protesto na próxima quinta-feira, 28, pelo reajuste salarial da categoria na forma como havia sido prometida pelo presidente Jair Bolsonaro (PL). A decisão foi aprovada pelos agentes em assembleia realizada nesta quinta, 21. Um indicativo de paralisação geral também foi aprovado, mas ainda deverá ser ratificado em outro encontro no dia 2 de maio.

A categoria reclama da insuficiência do percentual de aumento de 5%, anunciado recentemente pelo governo. O grupo fala do orçamento aprovado pelo Congresso Nacional de R$ 1,7 bilhões que deveria ser destinado somente aos servidores federais da segurança pública.

Leia também: 

Associação Nacional dos Delegados da Polícia Federal

Em nota, a Associação Nacional dos Delegados da Polícia Federal (ADPF) afirmou que a categoria aprovou todas as medidas apresentados na assembleia, dentre elas o ato do dia 28, o indicativo de paralisação (ainda a ser ratificada) e redução de produtividade nas atividades administrativas de fiscalização.

“Entre as ações que serão tomadas ressalta-se a realização, no próximo dia 28 de abril, de mobilização de todas as polícias federais. O ato acontecerá em todas as unidades da Polícia Federal espalhadas pelo Brasil”, afirma o texto. E continua: “A entidade aprovou ainda o indicativo de recomendação de operação-padrão e redução de produtividade nas atividades administrativas de fiscalização, bem como indicativo de paralisação da atividade junto com os demais cargos da PF, esta última a ser ratificada em assembleia no dia 02 de maio”.

O orçamento total para os servidores públicos federais da área da segurança era de R$ 1,7 bilhões e deveria ser para realizar a reestruturação das carreiras das policias federais. Entretanto, desagradando a a Polícia Federal, o governo Bolsonaro anunciou recentemente um aumento linear para todo o funcionalismo público federal de 5%. Os policiais reclamam que a porcentagem é muito baixa e que não resolve os problemas atuais com os salários.

CLIQUE NA IMAGEM E FALE DIRETO PELO WHATSAPP