Polícia Federal pede ao STF mais prazo para investigar Temer

Polícia Federal

O pedido será analisado pelo ministro Edson Fachin, relator da Lava-jato no STF

A Polícia Federal pediu mais prazo para concluir o inquérito contra o presidente Michel Temer. Ele é investigado junto com seu ex-assessor, Rodrigo Rocha Loures, por suspeita de obstrução à Justiça, corrupção e organização criminosa.

O pedido será analisado pelo ministro Edson Fachin, relator da Lava-jato no STF. O prazo extra poderá ser usado para a PF concluir a perícia no áudio da conversa que o dono da JBS, Joesley Batista, gravou com o presidente.

clique na imagem e saiba mais

Mais cedo, Temer informou ao STF que não vai responder às oitenta e duas questões da Polícia Federal sobre o caso. Ele alegou que as perguntas são um acinte à dignidade.

Fonte: CBN