Polícia Federal prende suspeito de estuprar menor e produzir e compartilhar pornografia infantil em Leme, SP

Celular com imagens de menores foi apreendido em operação nesta sexta-feira (20).

Uma operação da Polícia Federal, em parceria com a Polícia Militar e com o Conselho Tutelar de Leme (SP), prendeu um homem de 31 anos suspeito de produzir e compartilhar material pornográfico envolvendo menor de idade. Ele também é suspeito de estupro de vulnerável.

A Polícia Federal cumpriu, no bairro Empyrio, os mandados de busca e apreensão e um mandado de prisão temporária expedidos pela 1ª Vara Federal de Limeira (SP). Nossa reportagem não conseguiu localizar a defesa do homem, que não teve a identidade divulgada.

Investigações

Segundo a PF, as investigações, iniciadas no Núcleo de Repressão aos Crimes de Ódio e Pornografia Infantil pela Internet (NURCOP), em Brasília, apuraram estupro de vulnerável, produção de vídeo contendo pornografia infantil e armazenamento e compartilhamento do referido material.

As informações foram encaminhadas para Polícia Federal em Piracicaba em julho. O caso foi denominado “Colcha de Retalhos”, pois há suspeita de que o homem filmou o abuso sexual de um menor em uma cama com uma colcha de retalhos singular.

Celular com pornografia infantil

Além do cumprimento da prisão temporária, o investigado também foi preso em flagrante pela posse de material relativo à pedofilia em seu celular. Se condenado, as penas somam 16 anos de prisão.

As investigações agora buscam identificar o menor, vítima de abuso, que pode ser uma das crianças que morava com o investigado. O Conselho Tutelar acompanhou a operação e informou que quatro crianças que estavam na casa receberão as medidas protetivas necessárias. O homem foi levado para o presídio de Sorocaba.

CLIQUE NA IMAGEM E FALE DIRETO PELO WHATSAPP
ÁGIL DPVAT