Polícia investiga histórico de viagens de motorista de app achada carbonizada dentro de carro

Anúncio

Veículo foi encontrado em chamas, em São Roque (SP). Família de Limeira (SP) fez o reconhecimento do corpo no IML de Sorocaba (SP).

A polícia pediu à empresa de aplicativo de transporte o histórico de viagens da motorista encontrada carbonizada dentro de um carro em São Roque (SP). A vítima é de Limeira (SP) e o reconhecimento foi feito pela família, na quinta-feira (16), segundo o boletim de ocorrência.

A investigação pretende checar os itinerários e verificar os caminhos feitos por Amanda Pereira Agustinho Giovanetti, de 29 anos, antes de desaparecer. Segundo a família, ela deixaria um passageiro na capital.

A mãe e o padrasto confirmaram no Instituto Médico Legal de Sorocaba (SP) que o corpo é da motorista. Em seguida, os dois foram à delegacia e prestaram depoimento. O caso continua sob investigação.

Em nota, a 99 disse que lamenta a morte da motorista e que a última corrida ocorreu no dia 14 de janeiro e terminou sem problemas.

“Assim, não há indícios de que estava em corrida pela plataforma no momento do ocorrido. A empresa se solidariza com a família da vítima e está disponível para colaborar com as investigações da polícia.”

Corpo carbonizado é encontrado dentro de carro em São Roque — Foto: São Roque Notícias/Divulgação

Carro queimado

Segundo o Corpo de Bombeiros, por volta das 10h de quarta-feira (15) a equipe recebeu uma ocorrência de veículo que pegou fogo na Estrada Ernesto Stokler de Lima. Ao chegar ao local, encontraram o corpo.

A vítima estava no banco de trás do carro, que tinha uma das portas abertas. Dentro foram encontrados um celular, um relógio e uma cápsula de munição de arma.

Fora do veículo também havia uma cápsula, caída próximo à porta do motorista, e uma caixa de fósforos, segundo o registro.