Polícia Militar Ambiental apreende armadilhas de pesca durante operação no Rio Mogi Guaçu em Pirassununga, SP

Os petrechos apreendidos, foram depositados junto à sede do 1° Pelotão para posterior destruição.

Na tarde de sábado (14), uma equipe da Polícia Militar Ambiental, composta pelo cabo Cunha e soldado Colombo, realizou ações pontuais de policiamento ostensivo náutico voltadas coibir crimes ambientais no tocante a pesca no período da piracema no trecho do rio Mogi-Guaçu (Cachoeira de Emas, Rancharia do Caixeiro, Rancharia do Jaguari, etc), inserido no município de Pirassununga (SP).

Durante a ação, a equipe logrou êxito em localizar uma armadilha do tipo rede de emalhar e uma armadilha do tipo “covo” ou “barduelo” dispostas no ambiente aquático e emanando potencial nocividade à fauna ictiológica nativa. Dessa forma os petrechos foram apreendidos e depositados junto à sede do 1° Pelotão para posterior destruição.

ÁGIL DPVAT

clique na imagem e saiba mais