Polícia Militar Ambiental apreende quase 15 toneladas de peixes durante a Operação Piracema

Ação foi realizada para coibir a pesca no período destinado à reprodução de algumas espécies, garantindo a sua perpetuação.

A Polícia Militar Ambiental apreendeu quase 15 toneladas de pescado durante a Operação Piracema, iniciada em novembro do ano passado e finalizada em fevereiro deste ano. A ação é realizada para garantir a perpetuação dos peixes, combatendo a pesca neste período, o qual é destinado à reprodução de algumas espécies. 
 
Nestes quatro meses, os PMs ambientais navegaram por milhares de horas em rios, lagoas, represas e reservatórios das Bacias do Rio Paraná e do Atlântico Sudeste. Ao todo, foram efetuadas 2,1 mil fiscalizações, as quais resultaram na apreensão de 14,7 toneladas de pescado, 732 redes ilegais e 56 embarcações.
 
Há que destacar que, mesmo com o término da Piracema, os trabalhos da PM Ambiental continuam por meio do policiamento por terra, água e ar, com o objetivo de fiscalizar, entre outras normas, o que está contido nas Instruções Normativas IBAMA nº 26 e 195, que estabelecem as normas gerais de pesca para as bacias inseridas no território paulista.
 
Vale lembrar ao pescador amador que as regras e orientações sobre a pesca podem ser acessadas na cartilha Conduta Ambiental Legal.

CLIQUE NA IMAGEM E FALE DIRETO PELO WHATSAPP