Polícia Militar Ambiental autua dono de sítio por dificultar a regeneração natural em Divinolândia, SP

Duarante a ação, foi constatada o corte de vegetação graminea (brachearia), em uma área correspondente a 0.15 hectares, inserida em Área de Preservação Permanente.

Na tarde desta quinta-feira (23) em decorrência de ações pontuais voltadas a coibir delitos de ordem ambiental e criminal, uma equipe da Polícia Militar Ambiental, esteve em um sítio na zona rural de Divinolândia (SP).

Duarante a ação, foi constatada o corte de vegetação graminea (brachearia), em uma área correspondente a 0.15 hectares, inserida em Área de Preservação Permanente, através de gradeaçao com o uso de trator de pneus e grade, que nao estava pelo local durante a fiscalização.

Diante dos fatos, foi lavrado em desfavor do infrator o auto de infração ambiental na modalidade de multa simples nos termos do artigo 48 da Resolução SIMA 005/21. Providências penais ja foram adotadas por irregularidade captulada no art. 48 da lei federal 9.605/98.

CLIQUE NA IMAGEM E FALE DIRETO PELO WHATSAPP
ÁGIL DPVAT