Polícia Militar Ambiental constata degradação em Área de Preservação Permanente durante fiscalização em Rio das Pedras, SP

Polícia Militar Ambiental constata degradação em Área de Preservação Permanente durante fiscalização

Pelo local da fiscalização, foi constatado ser uma propriedade rural denominada “Centro Brasileiro Mangalarga”.

No sábado (24), a equipe composta pelos policiais militares ambientais, cabo Fábio e cabo Duprê, durante patrulhamento pelo município de Rio das Pedras (SP), realizou atendimento de uma denúncia/web, sobre degradação ambiental em área de preservação permanente no km-152 da Rodovia do Açúcar.

Pelo local da fiscalização, foi constatado ser uma propriedade rural denominada “Centro Brasileiro Mangalarga”, onde houve uma limpeza através de máquinas agrícolas em uma estrada já existente e corte de alguns eucalíptos, fora da Área de Preservação Permanente.

Porém, no final dessa estrada, a máquina avançou para dentro da APP, empurrando terra e degradando um total de 0,021 hectare de vegetação pioneira, ou seja, gramíneas, não sendo constatado corte de exemplar arbóreo nativo ou exótico.

Diante dos fatos e após análise do local, foi elaborado um Auto de Infração Ambiental, pela degradação realizada em área considerada de Preservação Permanente, no valor de R$ 105,00 reais, sendo a área embargada. A ocorrência será apresentada através de ofício à Polícia Civil.

CLIQUE NA IMAGEM E FALE DIRETO PELO WHATSAPP
ÁGIL DPVAT