Polícia Militar Ambiental constata destruição de vegetação nativa com auxilio de um drone no interior de SP

Foi elaborado Auto de Infração Ambiental no valor de R$ 80.325,00.

Na manhã desta segunda-feira (22), em decorrência da “Operação Dia da Água”, os policiais ambientais tenente Ivo e cabo Mafra, com apoio de um drone, conseguiram constatar pela zona rural entre os município de Pirassununga e Santa Cruz das Palmeiras, no interior de São Paulo, intervenções diversas em fragmento florestal inserido em área comum perfazendo um total de 7,65 ha mediante uso de fogo e supressão de vegetação nativa em estágio médio de regeneração, sem que fosse apresentada qualquer autorização que amparasse as citadas intervenções.

Dessa forma, foi elaborado Auto de Infração Ambiental no valor de R$ 80.325,00 por violação do artigo 49 da Resolução SIMA Nº 0t/2021, sem prejuízo da apuração da responsabilidade penal com fulcro no artigo 38-A da Lei Federal 9605/98, ficando a área objeto da autuação embargada até deliberação do Atendimento Ambiental.

CLIQUE NA IMAGEM E FALE DIRETO PELO WHATSAPP
ÁGIL DPVAT