Polícia Militar Ambiental detém mulher que mantinha animais silvestres e roedores de forma irregular em SP

Flagrante aconteceu em uma área de chácaras em Santana de Parnaíba, após denúncia sobre tráfico de animais.

A Polícia Militar Ambiental deteve a proprietária de um imóvel, de 39 anos, que mantinha animais silvestres e roedores de forma irregular. O flagrante aconteceu na sexta-feira (17), em uma área de chácaras em Santana de Parnaíba, na região metropolitana de São Paulo.
 
Uma equipe do 1º Batalhão de Polícia Ambiental (BPAmb), após denúncia anônima sobre tráfico de animais, se deslocou até a residência indicada e foi recebida pela dona do imóvel.
 
Informada sobre a denúncia, antes das buscas, a mulher tentou esconder os animais que mantinha irregularmente na residência, contudo eles foram descobertos durante a vistoria.
 
No imóvel foram localizados um macaco-prego, três saguis, dois jabutis e três tartarugas da espécie tigres d’água. Além disto, foi encontrado um canário-do-reino morto e mais de 100 roedores vivos – parte provavelmente para estimação e outra para ser usada como base de alimentação dos répteis.
 
A mulher foi detida para prestar esclarecimentos e os animais apreendidos para verificação do estado de saúde e posterior encaminhamento a uma unidade de proteção da cidade. A autora responderá por maus-tratos.
 

clique na imagem e saiba mais