Polícia Militar Ambiental e CETESB fecham carvoaria ilegal durante “Operação Gaia” em Aguaí, SP

A CETESB lavrou uma advertência seguida de um auto de inspeção em desfavor do proprietário pelo exercício irregular de atividade potencialmente poluidora.

Em decorrência da “Operação Gaia”, pelo município de Aguaí (SP), os policiais militares ambientais sargento Melizi e cabo Maurício, realizaram uma ação conjunta com a CETESB nesta quarta-feira (2), com o objetivo de fiscalizar produtos de origem vegetal sem comprovante de origem.

Durante a fiscalização, foram localizados em uma propriedade rural quatro fornos para a fabricação de carvão vegetal, sem uso e sem estoque de carvão no momento, no entanto, desprovida a atividade poluidora da exigida Licença de Operação.

Diante dos fatos, não há providências administrativa a serem adotadas por parte da PMAm a não ser a comunicação do crime ambiental nos termos do art. 60 da Lei Federal 9605/98 para a PC da área dos fatos. Na esfera administrativa a CETESB lavrou uma advertência seguida de um auto de inspeção em desfavor do proprietário pelo exercício irregular de atividade potencialmente poluidora.

CLIQUE NA IMAGEM E FALE DIRETO PELO WHATSAPP
ÁGIL DPVAT