Polícia Militar Ambiental faz apreensão de embarcação durante policiamento noturno no rio Mogi Guaçu em Pirassununga, SP

Diante de tais constatações foi realizado pela equipe náutica acompanhamento no leito do rio Mogi Guaçu, sendo que os indivíduos abandonaram a embarcação na margem esquerda do rio, embrenhando-se na mata.

Na madrugada de domingo (28) os policiais militares ambientais cabo Luciano e cabo Melo, realizaram ações pontuais no período noturno voltadas a coibir a pesca ilegal no rio Mogi Guaçu em seu trecho inserido no Distrito de Cachoeira de Emas, município de Pirassununga (SP).

Por meio de monitoramento com apoio do cabo Silvério, foi visualizada uma embarcação em atividade, com dois indivíduos encapuzados utilizando uma tarrafa, ou seja, praticando ato pesca em local proibido (a menos de 750 metros a montante da barragem da Usina Aratu).

Diante de tais constatações foi realizado pela equipe náutica acompanhamento no leito do rio Mogi Guaçu, sendo que os indivíduos abandonaram a embarcação na margem esquerda do rio, embrenhando-se na mata, deixando dentro da embarcação, uma tarrafa, um remo, duas boias salva vidas e diversos sacos de ráfia (possivelmente para a retirada de peixes), não sendo obtido êxito na abordagem mesmo após sucessivas incursões na mata.

Sendo assim, foi procedida a apreensão da embarcação, remo, tarrafa e boias junto à sede do 1º Pelotão para a destinação adequada e prosseguido com patrulhamento com vistas a localização dos infratores, o quais serão alvo de investigação pela Polícia Civil de Pirassununga após remessa deste expediente.

CLIQUE NA IMAGEM E FALE DIRETO PELO WHATSAPP
ÁGIL DPVAT