Polícia Militar Ambiental flagra pesca em local proibido durante patrulhamento em Piracicaba, SP

Diante dos fatos, a equipe procedeu a fiscalização dos pescadores, os quais após serem identificados, foi lavrado em desfavor dos infratores um auto de infração ambientais para cada, sendo que um deles valorado em R$ 1.014,00 (um mil e quatorze reais).

Nesta segunda-feira (28), durante patrulhamento ostensivo preventivo ambiental pelo município de Piracicaba (SP), uma equipe da Polícia Militar Ambiental se deparou com três indivíduos praticando pescaria de barranco no rio Piracicaba, em local proibido pela legislação, todos utilizando-se de varas com molinetes, linha, anzol e chumbada.

Diante dos fatos, a equipe procedeu a fiscalização dos pescadores, os quais após serem identificados, foi lavrado em desfavor dos infratores um auto de infração ambientais para cada, sendo que um deles valorado em R$ 1.014,00 (um mil e quatorze reais), devido a captura de um pescado do espécime Curimbatá, que pesado confirmou 0,700 gramas, os outros pescadores foram autuados com sanção de advertência, por não haverem capturado nenhum espécime de peixes, infração essa “por pescar em local no qual a pesca seja proibida”.

Os apetrechos (varas com molinetes), apreendidas, foram catalogadas e encaminhadas a sede do pelotão de Polícia Militar Ambiental de Rio Claro-SP.
Partes orientadas quanto ao agendamento ambiental e legislação ambiental vigente.

CLIQUE NA IMAGEM E FALE DIRETO PELO WHATSAPP