Polícia Militar Ambiental flagra uso uso de fogo em áreas agropastoris em Pirassununga, SP

Indagados os respectivos responsáveis quanto aos fatos, informaram que o incêndio foi criminoso e realizado por pessoa desconhecida.

Os policiais militares ambientais cabo Fernando e cabo Melo, neste domingo (18), em decorrência do atendimento de foco de queimada detectado pelo satélite de referência AQUA-MT, pelo município de Pirassununga (SP), acabaram constatando queimada em área de cultivo de cana de açúcar, ressaltando que o fogo afetou maciço florestal classificado como vegetação em estágio médio de regeneração, mensurado em 6.7691 ha.

Indagados os respectivos responsáveis quanto aos fatos, informaram que o incêndio foi criminoso e realizado por pessoa desconhecida, sendo aplicada planilha de nexo causal, a qual apontou escore para adoção de medidas no tocante ao referido maciço florestal.

Dessa forma, foi elaborado o respectivo Auto de Infração Ambiental com base no artigo 49 e 59 da Resolução SIMA 005/21, sem prejuízo da apuração penal com base no artigo 38-A da Lei Federal 9.605/98.

CLIQUE NA IMAGEM E FALE DIRETO PELO WHATSAPP
ÁGIL DPVAT