Polícia Militar Ambiental multa dono de madeireira em mais de R$ 6 mil em Limeira, SP

Os agentes foram até uma madeireira para realizar vistoria e encontram irregularidades no pátio madeireiro.

A Polícia Militar Ambiental de Rio Claro (SP), autuou um proprietário de madeireira em R$ 6.895,00 + 01 Advertência, por irregularidades. O caso aconteceu no domingo (24), no bairro Jardim Roseiras em Limeira (SP).

Os agentes foram até uma madeireira para realizar vistoria e encontram irregularidades no pátio madeireiro, onde após mensuração minuciosa de todo estoque de madeira nativa existente no pátio, valendo-se do método de conferência peça a peça por espécie e tipo de corte em confronto com seu respectivo DOF (Documento de Origem Florestal), lograram êxito em constatar a existência de 2,4406 metros cúbicos de madeira que foram “adquiridos” ilegalmente (estoque em excesso), também a constatação de 22,9859 metros cúbicos de madeira nativa que foram “vendidos” de maneira ilegal (estoque em déficit).

clique na imagem e saiba mais

Diante dos fatos, foram elaborados 02 (dois) Autos de Infração Ambiental, sendo um auto por “adquirir” na modalidade Advertência e o outro auto valorado em R$ 6.895,77 por “vender” madeira ilegal nos termos do parágrafo 1o do artigo 48 da Res SMA 48/14, destacando que o infrator responderá por crime ambiental nos termos da Lei Federal 9605/98, ficando ainda o estoque em excesso apreendido para posterior destinação.

ÁGIL DPVAT