Polícia Militar Ambiental multa Fazenda Dedini em R$ 273 mil por queima em palha de cana-de-açúcar na cidade de Piracicaba, SP

Indagado o representante da empresa arrendataria da propriedade, informou que o incêndio foi criminoso e realizado por pessoa desconhecida.

Na tarde de terça-feira (31), em decorrência do atendimento de foco de queimada – INPE (Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais), pelo município de Piracicaba (SPÇ) os policiais militares ambientais cabo Duprê e soldado Claudino estiveram no bairro Guamium, onde constataram pela Fazenda Chácara Dedini queima em palha de cana-de-açúcar onde foi atingido uma área total de 32,119 hectares.

O fogo também afetou área considerada de preservação permanente (APP de curso d’água 30m), classificada com vegetacão secundária em estágio inicial de regeneração, onde foi mensurado um total de 12,151 nectares. Indagado o representante da empresa arrendataria da propriedade, informou que o incêndio foi criminoso e realizado por pessoa desconhecida, que foi realizado o combate ao incêndio com 03 caminhões pipas, 03 carros de apoio e um total de 10 pessoas.

Diante do exposto foi lavrado um Auto de Infração Ambiental com sanção de multa simples, no valor total de R$ 273.397,50 (duzentos e setenta e três mil trezentos e noventa e sete reais e cinquenta centavos), com base no Artigo 43 Caput da Resolução SIMA 05/21, sem prejuizo da apuração penal com base no Artigo 38 Caput da Lei Federal 9.605/98, com relação a área de APP atingida pelo incêndio.

CLIQUE NA IMAGEM E FALE DIRETO PELO WHATSAPP
ÁGIL DPVAT