Polícia Militar Ambiental multa fazenda em R$ 380 mil por queimada em Torrinhas, SP

No ato da fiscalização foram vistas palhas, sobras de cultura canavieira com mais de 1,5 metros de altura e capim seco a qual fora atingido pelo fogo.

Em decorrência do atendimento de foco de queimada – INPE (Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais), pela zona rural de Torrinhas (SP) os policiais militares ambientais cabo João, cabo De Mattos e cabo Denilson, constataram pela Fazenda Santa Olga, alguns talhões de cultura canavieira já colhida.

No ato da fiscalização foram vistas palhas, sobras de cultura canavieira com mais de 1,5 metros de altura e capim seco a qual fora atingido pelo fogo, foi observado também APP (Área de Preservação Permanente) e maciço florestas que também foram atingidos pelo fogo. Diante do exposto foram elaborados três autuação de infração de multa simples, no valor de R$ 380.597,00.

CLIQUE NA IMAGEM E FALE DIRETO PELO WHATSAPP
ÁGIL DPVAT