Polícia Militar Ambiental multa homem em mais de R$ 17 mil por transportar aves nativas na Rodovia Anhanguera em Araras, SP

As aves foram levadas para a sede da Polícia Militar Ambiental em Rio Claro (SP), para posterior reintrodução na natureza.

Na noite de sexta-feira (22) uma equipe da Polícia Militar Ambiental, composta pelo sargento Da Silva e cabo Luciano, realizou apoio ao Policiamento Rodoviário, que ao realizar abordagem a uma motocicleta pelo km-168 da Rodovia Anhanguera (SP-330), pelo município de Araras (SP), constatou que o condutor transportava aves nativas acondicionadas em duas pequenas gaiolas dentro de uma mochila fechada, tratando-se de 05 (cinco) “coleirinhas” desprovidas de anilha de identificação e submetidas a maus tratos.

Diante do fatos, foram lavrados pela equipe autos de infração ambiental com base no artigo 25 e 29 da Resolução SMA-048/14, sem prejuízo da responsabilização penal por meio do termo circunstanciado de ocorrência, que é procedimento administrativo que substitui o auto de prisão em flagrante e o inquérito policial, nos termos dos artigos 29 e 32 da Lei Federal 9.605/98. Ele foi multado em R$ 17.500,00.

clique na imagem e saiba mais

ÁGIL DPVAT

As aves foram levadas para a sede da Polícia Militar Ambiental em Rio Claro (SP), para posterior reintrodução na natureza, após emissão de laudo veterinário, uma vez que se apresentavam em estado bravio. A ação contou com apoio dos policiais militares ambientais, sargento Eraldo e soldado Houssein. (Fotos: Polícia Militar Ambiental/Divulgação)