Polícia Militar Ambiental realiza patrulhamento ostensivo náutico com apreensão de armadilha proibida em Pirassununga, SP

As armadilhas estavam a menos de 750 metros da barragem da Usina Aratu, onde em uma delas já havia capturado um exemplar do peixe corimbata.

Na manhã de quarta-feira (11), em decorrência do patrulhamento preventivo náutico pelo município de Pirassununga (SP) para coibir a pesca ilegal no trecho do rio Mogi Guaçu inserido no Distrito de Cachoeira de Emas, uma equipe da Polícia Militar Ambiental veio a se deparar com quatro linhadas de espera disposta no ambiente aquático fixadas em barranco e em local proibido.

Ainda de acordo com informações, as armadilhas estavam a menos de 750 metros da barragem da Usina Aratu, onde em uma delas já havia capturado um exemplar do peixe corimbata. Dessa forma, foi procedida a apreensão do petrecho e dada a destinação adequada e a libertação do exemplar capturado.

CLIQUE NA IMAGEM E FALE DIRETO PELO WHATSAPP
ÁGIL DPVAT