Polícia Militar Ambiental registra repugnante crime contra animal (égua) em Pirassununga, SP

A equipe recebeu uma denúncia anônima dando informações de atos de maus-tratos contra uma égua, onde um adolescente veio submeter o animal a excessivo esforço físico, através de corrida a galopes, estando a égua prenha, e a poucos dias para entra em trabalho de parto.

Um crime repugnante de maus-tratos praticado contra animal doméstico, foi registrado na tarde de terça-feira (26), pelos policiais militares ambientais cabo Godoy e cabo Cunha no município de Pirassununga (SP).

A equipe recebeu uma denúncia anônima dando informações de atos de maus-tratos contra uma égua, onde um adolescente veio submeter o animal a excessivo esforço físico, através de corrida a galopes, pela rua Jorge Ferrari, Jardim Ferrari II, região norte pirassununguense, estando a égua prenha, e a poucos dias para entra em trabalho de parto, tal esforço, segundo laudo/avaliação do médico veterinário, fez com que a bolsa do animal viesse a se romper, causando o óbito em poucos instantes.

Diante dos fatos os policiais efetuaram multas (uto de Infração Ambiental), na modalidade de multa simples, valorado em R$ 3.000,00 aplicado em dobro, ou seja, R$ 6.000,00, devido ter ocorrido o evento morte do animal. As medidas administrativas foram tomadas com base no artigo 29 da Resolução SIMA 005/21, sem prejuízo da apuração da responsabilidade penal nos termos do artigo 32 da Lei Federal 9605/98.

“O policiamento militar ambiental efetuou todo o trabalho a eles devidos, cabendo salientar se as autoridades judiciais darão continuidade em processo crime contra o pai ou mãe do adolescente, isto devido ao adolescente fazer maus tratos à animais”, disse um morador das proximidades onde ocorreu o fato, solicitando que seu nome não fosse divulgado para não sofrer represálias.

Ocorrência emblemática

O competente comandante da 2ª Cia. de Polícia Militar Ambiental, Capitão PM Ilgges, que abrange os pelotões de Pirassununga, São João da Boa Vista e Rio Claro, disse “nós, policiais militares ambientais, despidos das paixões e revestidos do profissionalismo, com a proteção de Deus, diariamente nos deparamos com ocorrências como esta postada acima, onde temos que ter “sangue frio” e aplicarmos nossa autoridade em se fazer cumprir rigorosamente a lei.

Sentimos a morte do animal, mas parabéns aos valorosos policiais militares ambientais que atuaram nesta ocorrência e também os demais que auxiliaram nos trabalhos para que o infrator seja descoberto, encontrado e punido legalmente’.

Fonte: https://www.reporternaressi.com.br/noticias/pm-ambiental-registra-repugnante-crime-contra-animal-egua-em-pirassununga.html

CLIQUE NA IMAGEM E FALE DIRETO PELO WHATSAPP