Polícia Militar Ambiental resgata mais de 120 pássaros silvestres que eram mantidos em cativeiro

Flagrante ocorreu na cidade de Juquiá (SP); 80 aves estão ameaçadas de extinção desde 2018.

A Polícia Militar Ambiental resgatou 121 pássaros silvestres que eram mantidos em cativeiro na cidade de Juquiá, no Vale do Ribeira. A ação ocorreu na última terça-feira (18).
 
Os trabalhos foram desempenhados por uma equipe do 3º Batalhão de Polícia Ambiental (BPAmb). Os militares receberam uma denúncia sobre comércio ilegal de aves e foram até o endereço indicado verificar.
 
No local, uma propriedade na rua Eduardo Sanches, os PMs foram recebidos pelo proprietário, de 51 anos, que permitiu a entrada da equipe para vistoria.
 
Após buscas na casa do suspeito e em uma segunda construção no mesmo terreno, o qual ele informou ser do seu irmão, foram localizados diversos pássaros da fauna silvestre mantidos em cativeiro, sem luz solar e água, em um ambiente totalmente insalubre.
 
Ao todo, foram apreendidas 121 aves vivas, das espécies Curió, Pixoxó, Coleirinhos, Sairão, Sairinha Sete Cores, Cardeal, Pássaro Preto, Periquitão-Maracanã, Canário-da-Terra-Verdareiro, Patativa, Bigodinho, Azulão, Trinca-Ferro, Bonito Lindo. Também foram recolhidos três pássaros mortos, 24 gaiolas, quatro compartimentos para transporte e três armadilhas.
 
Das aves encontradas no local, 80 (79 da espécie Pixoxó e uma Patativa) constam como ameaçadas de extinção desde o ano de 2018. Depois de apreendidos, 115 pássaros foram devolvidos ao seu habitat natural, no município de Registro, e o restante destinado aos órgãos de reabilitação para posterior soltura.

CLIQUE NA IMAGEM E FALE DIRETO PELO WHATSAPP
ÁGIL DPVAT