Polícia Militar prende “Mulher Picanha”, que agia em mercados no interior de SP

A infratora praticava furtos do corte nobre em mercados da região.

A Polícia Militar prendeu uma mulher que furtava apenas peças de picanhas em mercados no intererior de São Paulo. Ela foi apelidada de “Mulher Picanha”, pois praticava furtos somente do corte nobre da carne.

Na cidade de Matão, quatro estabelecimentos foram foram furtados. Segundo a Polícia, um motorista de aplicativo será investigado por transportar a mulher. Câmeras de segurança registraram que ele participou de duas ações. 

De acordo com as investigações, a “Mulher Picanha” ainda atuava nas cidades de São Carlos, Ibaté, Taquaritinga, Jaboticabal. 

Como agia a “Mulher Picanha”

A infratora planejava a cidade que iria agir. Chegando no município, ela entrava nos estabelecimentos, furtava as peças de picanha e as colocava, escondidas, dentro da bolsa.  Após o furto, a mulher realizava uma compra, de valor pequeno, para não despertar suspeita.

Depois de realizar diversos furtos sem ser pega, um supermercado sentiu falta de vários itens e ao verificar, constatou a ação criminosa.

A mulher teria retornado dias depois para a cidade de Matão e tentou levar mais peças de picanha deste mesmo local. A Polícia Militar foi acionada e a “Mulher Picanha” foi presa em flagrante.

Ela confessou que levou as carnes de vários estabelecimentos, incluindo uma rede de supermercados. De acordo com a polícia, o prejuízo é de cerca de R$ 5 mil.

Com informações de Matão Urgente

CLIQUE NA IMAGEM E FALE DIRETO PELO WHATSAPP
ÁGIL DPVAT