Polícia Militar socorre bebê de nove meses que passou mal após ingerir folhas de planta tóxica

Os policiais se deslocaram para o Pronto-socorro da Santa Casa, e durante o trajeto, foi necessário realizar a Manobra de Heimlich, já que a criança desmaiou duas vezes.

Na tarde desta quarta-feira (5), uma bebê de apenas nove meses passou mal e precisou ser socorrida pela Polícia Militar após ter ingerido folhas de uma planta tóxica, em Osvaldo Cruz (SP).

A Polícia Militar foi acionada para ir até uma casa no Bairro Valter Siviero , onde  uma criança de nove meses teria ingerido folhas de uma planta e estava desfalecida. 

No local, os policiais militares constataram que a menina apresentava palidez e dificuldade para respirar, não sendo possível constatar se havia algo obstruindo as vias respiratórias. Os policiais se deslocaram para o Pronto-socorro da Santa Casa de Misericórdia de Osvaldo Cruz, e durante o trajeto, foi necessário realizar a Manobra de Heimlich, já que a criança desmaiou duas vezes.

No hospital, os policiais ainda entregaram várias folhas da planta ingerida pela criança. A equipe do hospital entrou em contato com o Centro de Informação e Assistência Toxicológica,  foi esclarecido que se tratava de uma Kalanchoe, gênero da família das suculentas Crassulaceae, que não é venenosa, porém, é tóxica.

A  informações auxiliaram no diagnóstico e no tratamento da bebê. A menina permaneceu em observação, junto com sua mãe, que também passou mal diante da situação.

CLIQUE NA IMAGEM E FALE DIRETO PELO WHATSAPP
ÁGIL DPVAT