Polícia prende dupla que desistiu de assalto à relojoaria após grito de atendente

Homens planejavam roubo à lotérica e foram encontrados em Sertãozinho (SP) e Jardinópolis (SP). Novo crime era organizado por mensagens em celular apreendido pelos policiais.

A Polícia Civil de Cravinhos (SP) prendeu, na terça-feira (9), os dois homens flagrados por câmeras de segurança durante uma tentativa de assalto a uma relojoaria da cidade no final de janeiro. A dupla desistiu do roubo e fugiu após a atendente gritar ao ser abordada.

Segundo o delegado Jorge Koury Miguel Neto, responsável pelo caso, um dos indivíduos estava em Cruz das Posses, distrito de Sertãozinho (SP), e outro em Jardinópolis (SP), com o carro usado no crime. Eles foram presos de forma temporária por 30 dias, com possibilidade de prorrogação.

A dupla foi levada para a Delegacia de Cravinhos e será encaminhada à Cadeia Pública de Santa Rosa de Viterbo (SP). Segundo Koury, celulares foram apreendidos na operação e, após transcrição de mensagens trocadas entre a dupla, os investigadores descobriram que eles combinavam um roubo para a próxima segunda-feira (15), na lotérica de Cravinhos.

clique na imagem e saiba mais

Além disso, as imagens do circuito interno e uma arma deixada pela dupla no momento da fuga na relojoaria foram usadas para chegar aos assaltantes. “As imagens foram avaliadas. A arma está sendo periciada e pelas conversas no celular nós conseguimos pegar o segundo envolvido. Ele dizia que iria usar o carro dele na segunda-feira para assaltar a lotérica”, afirmou o delegado.

Polícia apreende rouba usada em tentativa de roubo a joalheria em Cravinhos (SP) — Foto: Divulgação/Polícia Civil

O caso

O caso aconteceu em uma relojoaria de Cravinhos na tarde do dia 26 de janeiro. As câmeras do circuito interno mostram o suspeito preso nesta quinta chegando ao local carregando uma corrente.

Pelo vidro, ele mostra o objeto para a atendente, que abre a porta pensando que o rapaz seria um cliente. De repente, já no balcão, o homem saca uma arma e anuncia o assalto. A mulher é empurrada, cai no chão e, desesperada, começa a gritar.

Nesse momento, o outro ladrão aguarda o término do assalto do lado de fora, mas o homem que está dentro da loja sai correndo sem nada. Os dois fogem e, durante a corrida, deixam um revólver calibre 32 pelo caminho.

ÁGIL DPVAT