Polícia prende guia espiritual suspeito de abusar sexualmente de fiéis

Unidade da delegacia da mulher do estado de São Paulo. — Foto: Divulgação/GESP

Segundo policiais, pai de santo foi preso nesta quinta (30) após determinação da Justiça. Crimes teriam ocorrido na Zona Oeste da capital paulista. Três vítimas relataram abusos à Delegacia de Defesa da Mulher.

A Polícia Civil prendeu um guia espiritual que atende pelo nome de Pagé Guerreiro Bento, suspeito de abusar sexualmente de fiéis em São Paulo. A prisão foi confirmada nesta sexta-feira (30) pela Secretaria da Segurança Pública (SSP).

Pelo menos três vítimas contaram ter sido abusadas pelo pai de santo durante os trabalhos religiosos realizados na Zona Oeste da capital, segundo informaram policiais ouvidos pela reportagem.

O pai de santo foi preso na quinta-feira (29) em cumprimento ao mandado de prisão temporária de 15 dias determinado pela Justiça. O homem não teve o nome civil divulgado oficialmente pela pasta da Segurança.

clique na imagem e saiba mais

O caso é investigado pela 3ª Delegacia de Defesa da Mulher (DDM), também na região Oeste da cidade. As vítimas disseram que o pai de santo tocava nas suas genitálias, as beijava e se esfregava em seus corpos durante as sessões espirituais.

Segundo a polícia, o acusado atuava há 8 anos como guia espiritual, fazendo atendimento na casa das pessoas, em cinco bairros da capital, entre eles o Tatuapé, Morumbi e Cidade Dutra.