Policiais de Força Tática e ROCAM fazem apreensão de drogas e prendem traficante saindo pela janela de apartamento em Araras, SP

O Indiciado de 23 anos de pronto confessou que estava no local juntamento com os outros dois que conseguiram fugir, embalando e pesando maconha e crack, que logo seriam vendidas dentro do condomínio em que reside.

Na noite de segunda-feira (31), as equipes de Força Tática, composta pelos policiais militares cabo Pires, soldado Casemiro, soldado Carlos e soldado Consoni, e ROCAM (Ronda Ostensiva com Apoio de Motocicleta), composta pelos policiais militares cabo Souza e soldado Perissato, realizaram ação de combate ao crime em Araras (SP), que terminou com uma prisão em flagrante, e apreensão de entorpecentes.

De acordo com informações, as equipes estavam em patrulhamento preventivo no interior do Condomínio Residencial Arnaldo Mazon, visando coibir o tráfico de drogas, momento em que vários indivíduos sairam correndo ao avistarem as viaturas, adentrando por corredores laterais e fundos dos blocos, sendo necessário realizar buscas a pé.

No momento em que os policiais que estavam no corredor de fundo com o bloco 66, visualizaram dois indivíduos saindo pela janela do apartamento, não sendo possível abordá-los, somente o terceiro indivíduo foi abordado no exato momento em que estava saindo pela janela, e de imediato foi avistado diversas porções de drogas, embalagens e balança de precisão, que estavam espalhadas pelo chão do quarto e em cima da cama.

O Indiciado de 23 anos de pronto confessou que estava no local juntamento com os outros dois que conseguiram fugir, embalando e pesando maconha e crack, que logo seriam vendidas dentro do condomínio em que reside. A apreensão totalizou 878 pedras de crack, pesando 118 gramas e 230 porções de maconha, além de 1 pedaço de maconha, pesando ambos, 349 gramas, além de embalagens e 2 balanças de precisão.

Diante dos fatos, K.A.G.M., recebeu voz de prisão em flagrante pelo crime de tráfico de drogas, foi apresentado no plantão da Central de Polícia Judiciária, onde após ser ouvido pela autoridade presente, permaneceu à disposição da Justiça.

CLIQUE NA IMAGEM E FALE DIRETO PELO WHATSAPP
ÁGIL DPVAT