Policiais do SIG apreendem pontos de LSD que chegaram por correspondência em Araras, SP

A correspondência foi interceptada pelo SIG no momento em que a carta foi recebida por um adolescente e pelo traficante.

Na tarde desta quinta-feira (02) os investigadores do SIG – Setor de Inteligência da Polícia Civil, receberam informações que um indivíduo, conhecido nos meios policiais por tráfico estava recebendo e revendendo drogas sintéticas.

Essas drogas estavam sendo despachadas pelo correio para a casa do traficante em Araras (SP). Contudo, ele tava usando um adolescente para receber os envelopes e tentar despistar as investigações, sendo o adolescente e sua família inquilinos da família do traficante.

clique na imagem e saiba mais

Mediante essas informações, a correspondência foi interceptada pelo SIG no momento em que a carta foi recebida pelo adolescente e pelo traficante e foi dada voz de prisão aos dois que imediatamente foram apresentados na Central de Polícia Judicária junto com o pai de um deles.

Foram encontrados na correspondência um ziplock onde estavam os pontos de LSD, em forma de cartela, qua totalizaram 25 pontos. Trata-se de entorpecente com alto poder de causar alucinações, podendo causar surtos psicóticos nos usuários

De acordo com informações, o criminoso já tinha passagem anterior por tráfico, quando foi preso em companhia de sua mãe e um amigo, que traziam entorpecentes por ônibus vindos de Sumaré (SP). 

O traficante após ser ouvido, permaneceu preso à disposição da Justiça, aguardando audiência de custódia nesta sexta-feira (03). Toda ação foi comandada pelo delegado Tabajara Zuliani dos Santos.