Policiais do TOR prendem quatro pessoas com drogas, pássaro e “rebite” durante Operação Rodovia Mais Segura em Limeira, SP

Anúncio
Clique na imagem. Link direto para Whatsapp


A ação contou com apoio da equipe do Policiamento Ambiental.

Na tarde deste sábado (12) os policiais rodoviários 2°Sgt PM Sedano, Sd PM Junior e Sd PM Nogueira, equipe TOR – Tático Ostensivo Rodoviário, receberam informação anônima de que um ônibus com placas do Ceará estaria transportando drogas no interior do ônibus.

Em patrulhamento foi avistado o veículo, e após abordagem e vistoria no compartimento de passageiros foi localizado com dois passageiros que estavam sentados nas poltronas 41 e 42, um pássaro da fauna brasileira (Cardeal) juntamente com armadilhas para dez pássaros, uma porção de maconha acondicionada em um frasco e um celular que ao ser consultado, constou ser produto de extravio em 22/12/17.

Foi localizado com outro passageiro da poltrona 46 mais três trouxinhas de maconha e com o motorista do ônibus 115 comprimidos de “Rebites” do tipo Nobésio Forte.

Policiais do TOR prende quatro pessoas com drogas, pássaro e “rebite” durante Operação Rodovia Mais Segura em Limeira, SP – Foto: Polícia Militar Rodoviária/Divulgação

Ocorrência encaminhada ao DP Plantão de Limeira (SP) onde o Delegado ao tomar ciência do fato, elaborou o RDO/PC de Porte de Drogas/Crime Ambiental do Artigo 29 da Lei 9605/98 e Receptação Culposa, o auto de exibição e apreensão das drogas e celular, ouviu em termos próprios as 04 pessoas detidas, liberando-as.

Foi solicitado apoio do TOR R-04480 (Sgt Braz, Sd Isac e Sd Petruz) que de pronto auxiliou na vistoria do veículo e na escolta do Ônibus ao Plantão policial e também de uma equipe do Policiamento Ambiental para as providências do transporte ilegal do pássaro da fauna brasileira.

Nobésio Forte

De acordo com a bula do fabricante, a droga, que tem sua venda proibida
pela ANVISA, é um anorexígeno indicada para o tratamento da obesidade.

A anfetamina é um estimulante do sistema nervoso central e faz com que o
cérebro trabalhe mais depressa e causa nas pessoas a sensação de
diminuição da fadiga. Assim, a pessoa consegue efetuar atividades, como
dirigir e estudar, por mais tempo, sem se cansar.

Com o motorista do ônibus 115 comprimidos de “Rebites” do tipo Nobésio Forte – Foto: Polícia Militar Rodoviária/Divulgação

Dentre os efeitos colaterais do uso dessa droga, temos tanto alterações
psicológicas como comportamentais. Em baixas doses, a pessoa apresenta
insônia, perda de apetite, taquicardia e dilatação dos olhos (este efeito é
prejudicial aos motoristas, pois à noite sua visão pode ser ofuscada pelos
faróis dos carros em sentido contrário).

Porém, com o aumento da dose surgem efeitos como aumento da pressão arterial, impotência sexual, distúrbios gastrointestinais, irritabilidade, paranoia etc.