Policiais militares auxiliam parturiente na Cracolândia em SP

O bebê passa bem, no entanto, a mãe teve que ser separada do recém nascido, pois apresentava sinais de descontrole.

Na madrugada de segunda-feira (14), policiais militares do 7° Batalhão de Polícia Militar Metropolitano, compromissados com a defesa da vida e da dignidade da pessoa humana, auxiliaram uma gestante em trabalho de parto na Cracolândia.

A equipe foi acionada via COPOM (Centro de Operações da Polícia Militar) para atendimento de uma ocorrência de “Auxílio a Gestante“, que estaria entrando em trabalho de parto e precisava de apoio.

clique na imagem e saiba mais

Os policiais se deslocaram até o local, Rua Teixeira Leite, mais precisamente embaixo do Viaduto “Complexo Viário Evaristo Comolati”, sendo uma moradia construída com materiais recicláveis, e de imediato, foram ao auxílio da gestante que já se encontrava em trabalho de parto, tão logo, foram assistidas a mãe e a criança no término da coroação, bem como na desobstrução das vias aéreas até a chegada de uma equipe especializada em socorro.

Posterior compareceu Unidade de Resgate, no qual terminou o primeiro atendimento socorrendo a mãe e a criança recém-nascida até a Santa Casa. O bebê passa bem, no entanto, a mãe teve que ser separada do recém nascido, pois apresentava sinais de descontrole, indicando uma possível abstinência de uso de drogas e indícios de um estado puerperal, podendo ocorrer até mesmo um infanticídio.

Em meio a um local onde muitas pessoas talvez nunca entrariam, à conhecida degradação da Cracolândia, a Polícia Militar atua em consonância com seus princípios, para promover a mínima dignidade a quem não escolheu ali estar.