Por banheiros multigênero, MC Donald’s é autuado por prefeitura e pode pagar multa

A publicação ganhou repercussão nas redes sociais nos últimos dias.

O vídeo de uma mulher indignada com o banheiro multigênero do McDonald’s, em Bauru, interior de São Paulo, viralizou em todo o país e resultou em uma autuação da Prefeitura de Bauru à franquia da rede na cidade por “descumprimento ao código sanitário” do município. O McDonald’s terá prazo de 15 dias, a contar desde quinta-feira (11), para se manifestar sobre a autuação. Em caso de descumprimento ou de indeferimento, a unidade poderá ser multada e, em último caso, interditada. As informações são da “Folha de S. Paulo”.

A publicação ganhou repercussão nas redes sociais nos últimos dias. A mulher que filmou afirmou que a rede era “comunista” por adotar banheiros individuais que podem ser utilizados por qualquer pessoa, independente do gênero. “Quero que todos vigiem. É um absurdo. A criança usa o mesmo banheiro. É o comunismo na cidade de Bauru. Uma vergonha”, disse.

A prefeita Suéllen Rosim (Patriota), que é bolsonarista, tomou conhecimento do vídeo e disse em uma rede social que as exigências do Código Sanitário de Bauru não estavam sendo cumpridas e que “providências foram tomadas”.

“Em relação a um vídeo que circula na internet sobre os banheiros de uma rede de lanchonete em Bauru, a Vigilância Sanitária esteve no local e as exigências do Código Sanitário do município não estão sendo cumpridas, portanto as providências foram tomadas”, escreveu a prefeita.

A Vigilância Sanitária esteve na unidade e, ao confirmar a existência dos banheiros, autuou o restaurante por não cumprir as exigências do artigo 96 do Código Sanitário. “Os sanitários devem ser separados e identificados, para cada sexo”, diz o parágrafo primeiro do artigo.

Por meio da assessoria de comunicação, o McDonald’s informou ter “o compromisso com a promoção de um ambiente inclusivo e de respeito em seus restaurantes e adotou cabines individuais e de uso independente para que todas as pessoas se sintam bem-vindas e possam utilizá-las com conforto e privacidade. A companhia reforça que está em contato com as autoridades locais para manter suas unidades de acordo com as orientações determinadas por elas”, diz o comunicado.

CLIQUE NA IMAGEM E FALE DIRETO PELO WHATSAPP
ÁGIL DPVAT