Por que o Mercado Livre vai contratar 16 mil funcionários?

A empresa vai contratar 16 mil pessoas até o final do ano na América Latina. Dessas, 7200 serão no Brasil, mais que o dobro do total de funcionários que a companhia tinha em 2020. Entenda o que está por trás desse investimento.

Por Sabrina Bezerra – O varejo brasileiro está em clima de competição. De aquisições de startups à ampliação de setores das empresas, AmazonB2W DigitalMagazine Luiza Mercado Livre são alguns exemplos. As empresas estão na corrida para aquecer o mercado brasileiro. A novidade da vez é o anúncio do Mercado Livre: a empresa vai contratar 16 mil pessoas até o final do ano na América Latina. Dessas, 7200 serão no Brasil, mais que o dobro do total de funcionários que a companhia tinha em 2020.

Segundo a empresa, a maioria das vagas serão na área de logística, mas contará com cargos em tecnologia também. Todas com incentivo a diversidade. Algumas vagas serão dedicadas ao Mercado Pago, fintech da empresa. A movimentação acontece após o anúncio do investimento de US$ 10 bilhões no Brasil em 2021.

Por que contratar? 

Mercado Livre, que tem o valuation de US$ 77 bilhões e cerca de 130 milhões de usuários ativos na plataforma quer aumentar — ainda mais — a rede de logística. “Reforçamos que grande parte de nossas vagas está concentrada em funções nas áreas de Centro de Distribuição/Shipping”, disse a empresa em comunicado.

Sendo assim, a empresa vai reforçar o Mercado Envios, braço de logística do Mercado Livre. Atualmente são 10 mil vans de entrega, 600 carretas e 4 aviões. Com isso, cerca de 80% das entregas acontecem em até dois dias. No entanto, o plano da companhia é alcançar 100% das entregas nesse período.

Por que importa?

Com a pandemia causada pelo coronavírus, as compras pela internet aumentaram. Cerca de 47% dos brasileiros passaram a comprar mais de forma online, segundo a pesquisa Shopping During The Pandemic — essa foi a maior alta do setor de e-commerce em 20 anos .

Com essa mudança de comportamento, as exigências do consumidor também mudaram. Receber o produto com rapidez em sua casa se tornou um diferencial de compra. Não à toa que o setor de logística está causando barulho nos últimos tempos.

Entre janeiro e agosto de 2020, por exemplo, o setor de logística movimentou cerca de R$ 620 bilhões em cargas no Brasil, segundo a Associação Brasileira de Logística (Abralog). No entanto, esse número poderia ser ainda maior, se não fosse a escassez de investimento no setor. Atualmente, tem muita demanda e pouco investimento.

Fonte: https://app.startse.com/artigos/por-que-o-mercado-livre-vai-contratar-16-mil-funcionarios?

CLIQUE NA IMAGEM E FALE DIRETO PELO WHATSAPP
ÁGIL DPVAT