Portal Domínio Público é a opção para encontrar obras literárias em período de pandemia

No site www.dominiopublico.gov.br podem ser encontrados livros de autores como Machado de Assis, Eça de Queirós, Julio Verne, Goethe, entre outros.

Com bibliotecas fechadas devido à pandemia do novo coronavírus (covid-19), o Portal Domínio Público é uma opção para os internautas encontrarem obras literárias. No site www.dominiopublico.gov.br, administrado pelo MEC (Ministério da Educação), há uma biblioteca digital onde estão disponibilizados livros de autores consagrados como Machado de Assis, Eça de Queirós, Júlio Verne, Goethe, entre outros.

Além de romances, o Portal criado em 2004 também conta com poesias, ensaios, peças de teatro, livros em outros idiomas (inglês, espanhol, alemão e francês), materiais acadêmicos, exemplares para profissionais, obras infantis, músicas, mapas e fotografias.

“Em decorrência da covid-19, a Biblioteca Municipal Martinico Prado continua fechada ao público. Por isso, indicamos um site repleto de materiais para acesso legal, simples e com muitas possibilidades a quem adora livros”, comentou Gustavo Grandini Bastos, bibliotecário municipal.

clique na imagem e saiba mais

Seções que podem ser encontradas na Biblioteca Digital

 A seção “Machado de Assis” com a apresentação da obra completa do grande escritor brasileiro, por exemplo, “Quincas Borba”, obra exigida para o vestibular da Fuvest, “Dom Casmurro” e “Memórias Póstumas de Brás Cubas”.

– Para os vestibulandos da USP e da Unicamp: além de “Quincas Borba” (Fuvest), também encontramos “A relíquia”, de Eça de Queirós (Fuvest), “A falência”, de Julia Almeida (Unicamp) e “O Ateneu”, de Raul Pompéia (Unicamp).

 Clássicos da literatura mundial, como “Dom Quixote”, de Miguel de Cervantes, “O Primo Basílio”, de Eça de Queirós, “Fausto”, de Goethe e “A Volta ao Mundo em 80 dias”, de Julio Verne.

 Clássicos da literatura brasileira, como “Diva”, “Iracema”, “Lucíola” e “Senhora”, de José de Alencar, “Memórias de um Sargento de Milícias”, de Manuel Antônio de Almeida e “O Triste Fim de Policarpo Quaresma”, de Lima Barreto.

– Poesias – A biblioteca conta com obras dos heterônimos de Fernando Pessoa, Augusto dos Anjos e Olavo Bilac.

– Livros em outros idiomas – “Macbeth”, de Shakespeare e “Madame Bovary”, de Gustave Flaubert, entre outros autores

– Materiais acadêmicos, livros para os profissionais da Educação, obras infantis, músicas, mapas e fotografias.