Postos aproveitaram bloqueios para aumentar o preço da gasolina e gera confusão em Americana, SP

O aumento na busca ocorreu em razão do bloqueio de estradas feito por caminhoneiros apoiadores do presidente Jair Bolsonaro (sem partido).

Rodrigo Zingales, presidente da AbriLivre (Associação Brasileira de Revendedores de Combustíveis Independentes e Livres), disse hoje, durante o UOL News, que alguns revendedores aumentaram os preços dos combustíveis em razão da alta da demanda. O aumento na busca ocorreu em razão do bloqueio de estradas feito por caminhoneiros apoiadores do presidente Jair Bolsonaro (sem partido).

“Acho que nesse momento está sendo um exagero da população [correr para os postos], e a gente quer tranquilizar a situação para evitar isso até porque com o aumento de demanda, alguns postos acabam se aproveitando para aumentar preços. A gente não concorda com esse tipo de conduta”, disse o presidente da associação que representa os postos de revendedores de combustíveis.

Em Americana (SP), um vídeo feito por uma consumidora, mostra o bate-boca entre consumidores e um funcionário de um posto de combustíveis da rede Shell, que alegou que o estabelecimento estava aumentando os preços por ter recebido combustível com aumento. Assista ao vídeo:

A inflação de agosto (0,87%) foi a mais alta para o mês desde de 2000 e, no acumulado de 12 meses, atingiu 9,68%. Dados do IBGE divulgados hoje apontam para a alta de 30,2% no preço dos combustíveis para veículos. O álcool (etanol) disparou 62,3%, a gasolina subiu 39,1% e o diesel, 35,4%. O litro do combustível já passou de R$ 7 em algumas regiões.

Na entrevista, Zingales disse que os associados informaram o aumento da procura por combustíveis nos postos durante esta madrugada — com filas que poderiam durar por horas. Apesar disso, ele reforçou que a maioria dessas filas já estão menores e “os postos estão conseguindo atender a população”.

“Essa realidade [das filas nos postos] que a gente tinha no começo da manhã e da madrugada aparentemente está mudando um pouco na medida em que as rodovias, as bases de distribuição estão sendo liberadas. A gente acredita que até o final do dia teremos alguma estabilização maior.”

CLIQUE NA IMAGEM E FALE DIRETO PELO WHATSAPP
ÁGIL DPVAT