Prazo de entrega da Escrituração Contábil Digital é adiado para 31 de julho

Entidades da área contábil relatam dificuldades para trabalhar durante a pandemia.

Contadores de empresas terão dois meses a mais para transmitirem para a Receita Federal a Escrituração Contábil Digital (ECD) referente ao ano calendário 2019. O prazo, que ia até o último dia útil de maio foi transferido para o último dia útil de julho. A alteração atende a pedidos feitos por entidades de classe da área contábil que relataram dificuldades para cumprir os prazos por conta das restrições impostas pela pandemia do novo coronavírus.

Para quem quiser conferir, a medida está publicada na edição desta quarta-feira (13) do Diário Oficial da União. A transferência da data é válida inclusive nos casos de extinção, incorporação, fusão e cisão total ou parcial da pessoa jurídica.