Município está identificando as necessidades básicas de 19 trabalhadores, enquanto eles reivindicam seus direitos trabalhistas.

Após denúncia feita pela nossa reportagem na manhã desta quarta-feira (12/09), a Prefeitura de Araras (SP) tomou conhecimento e está acompanhando e prestando orientações e identificando as necessidades dos trabalhadores das obras de um condomínio residencial localizado no Jardim Maria Rosa.

+ Com salários atrasados trabalhadores da construção civil cruzam os braços em Araras, SP

No total são, 19 operários de três estados do Nordeste estão com os salários atrasados e paralisaram suas atividades. Um deles falou das dificuldades com a nossa reportagem:

Importante ressaltar que esse empreendimento é exclusivo da iniciativa privada, sem envolvimento nenhum com a administração municipal. Mesmo assim, a Prefeitura está agindo por intermédio das Secretarias de Ação Social e Desenvolvimento, para não deixar os trabalhadores passarem por necessidades básicas.

A secretária de Ação Social, Roanita Bergamin, esteve pessoalmente no imóvel onde estão alojados os trabalhadores e colocou toda a estrutura da Secretaria à disposição. Ela constatou que eles já estão recebendo ajuda de alguns ararenses.

Os trabalhadores fizeram algumas reclamações trabalhistas, mas nesse caso cabe denúncia formal ao sindicato da categoria e à Justiça do Trabalho. A Prefeitura deseja ajudar com orientações técnicas e com as necessidades básicas, visando garantir a dignidade humana.


Aviso: Os comentários só podem ser feitos via Facebook e são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião deste site. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros, sendo passível de retirada, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.

Conforme a Lei 9.610/98, é proibida a reprodução total e parcial deste texto sem a autorização prévia e expressa do autor (artigo 29). ® Todos os direitos reservados ao site REPÓRTER BETO RIBEIRO

Tem uma sugestão de reportagem? Nos envie através do WhatsApp (19) 99861-7717.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here