Prefeitura Municipal anuncia coleta itinerante de embalagens vazias de agrotóxicos em Araras, SP

Ação acontece na próxima quinta (10) na sede da Coplacana, das 9h às 11h30 e das 13h às 15h; parceria foi firmada pela Secretaria de Meio Ambiente e Agricultura.

O município de Araras (SP), terá coleta itinerante de embalagens vazias de agrotóxicos no próximo dia 27. A ação será na sede da Coplacana (Cooperativa dos Plantadores de Cana do Estado de São Paulo), das 9h às 11h30 e das 13h às 15h. A iniciativa é uma parceria da Prefeitura, por meio da Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Agricultura, com instituições que utilizam os defensivos agrícolas. A sede da cooperativa fica na Avenida Angelo Franzini, 1.800.

“O objetivo é orientar e conscientizar agricultores sobre a correta destinação final das embalagens vazias de agrotóxicos armazenadas nas propriedades rurais”, explicou o secretário de Meio Ambiente e Agricultura, Rodolfo Bergamin,

No ato da devolução, o agricultor deverá apresentar documentação (RG e CPF) e também a relação total de embalagens e volumes entregues. “Para devolução, o agricultor deve realizar a tríplice lavagem da embalagem e fazer um furo ou corte em sua base, inutilizando-a. A tampas deverão ser entregues separadas em sacolas”, acrescentou Cassio Henrique Pereira Nogueira, engenheiro agrônomo da Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Agricultura.

Além da Coplacana, a iniciativa conta com o apoio da AFOCAPI (Associação dos Fornecedores de Cana de Piracicaba).

De quem é a responsabilidade do destino final das embalagens?

A Secretaria de Meio Ambiente reforça que a destinação das embalagens é de responsabilidade compartilhada e segue o sistema de logística reversa, de acordo com a Lei Federal nº 7802, de 11 de julho de 1989 e do Decreto 4074, de 4de janeiro de 2002, que exigem que embalagens vazias de agrotóxicos devam ser devolvidas aos estabelecimentos comerciais em que foram adquiridas dentro do prazo máximo de 12 meses. 

“O problema é quando excedem esse prazo correndo risco de ter alguma contaminação ambiental ou de sua própria saúde”, completou o engenheiro agrônomo.

Atualmente, além da legislação federal vigente sobre assunto, há uma nova instrução normativa onde é tratada a rastreabilidade, que obriga o produtor rural ter o controle dos insumos utilizados, inclusive a devolução das embalagens vazias de agrotóxicos.

Outras informações podem ser obtidas pelos telefones 3547-6704/ 3541-2558 (DMA – Departamento de Agricultura) e 3542-3110/ 3542-3080 (Coplacana – sede Araras).

CLIQUE NA IMAGEM E FALE DIRETO PELO WHATSAPP
ÁGIL DPVAT