Prefeitura Municipal elabora projeto que visa distribuição gratuita de absorventes íntimos para estudantes da Rede Municipal de Ensino em Araras, SP

Executivo quer implantar projeto Dignidade Íntima no município; Além de facilitar o acesso ao item de higiene feminina, projeto também engloba ações educativas.

A Prefeitura Municipal de Araras (SP) deu início, nesta quarta-feira (18), às tratativas para implantação do projeto Dignidade Íntima, objetivando a distribuição gratuita de absorventes íntimos para estudantes da Rede Municipal de Ensino.

A ação, promovida pelas Secretarias de Educação, Saúde e Assistência Social visa evitar a evasão escolar das alunas que não têm condições financeiras para comprar o item de higiene pessoal. O foco serão estudantes em situação de vulnerabilidade econômica e social matriculadas nas escolas municipais. 

Além disso, o objetivo do Executivo Municipal é desenvolver outras ações de orientação e educação a respeito de questões sexuais e de saúde, como métodos contraceptivos, gravidez na adolescência e prevenção de DST’s (Doenças Sexualmente Transmissíveis).

“Nosso objetivo é garantir que as alunas não deixem de frequentar as aulas durante o período menstrual por não terem condições financeiras de comprar absorventes íntimos. Mas não se resume a isso: queremos implantar diversas ações educativas e de orientação, que vão colaborar com o desenvolvimento mais consciente dessas jovens a respeito do próprio corpo e outras informações de saúde”, explicou a secretária de Educação, Heleine Villas Bôas Francisco.

De acordo com um estudo apresentado pela ONU (Organização das Nações Unidas), uma a cada quatro meninas brasileiras sofre com a falta de absorventes, impactando na vida escolar.

“Dentro da Assistência Social vejo todos os dias o quanto essas ações são importantes. Primeiro, porque há muitas jovens em situação de vulnerabilidade social, com a vida impactada por coisas que não deveriam ser tratadas como problemas. Além disso, ações educativas, conhecimento e informação podem ser o início da mudança de vida de muitas dessas mulheres”, comentou o secretário de Assistência Social, Romildo Benedito Borelli.

Reunião que deu início as tratativas para implantação do projeto em Araras também contou com a presença da presidente do PSDB Mulher de Araras, Detty Fontana.

“A vulnerabilidade social enfrentada por muitas jovens afeta todo processo educacional e de socialização dessas estudantes. Além disso, a dificuldade de acesso a itens básicos de higiene também aumenta o risco de doenças, além do desconforto social, entre outros problemas. É fato que essa questão não deveria ser uma questão”, ressaltou Detty.

Para implantação do programa, Prefeitura deverá enviar Projeto de Lei à Câmara Municipal nas próximas semanas. Ação segue iniciativa implementada pelo Governo do Estado nos últimos meses.

CLIQUE NA IMAGEM E FALE DIRETO PELO WHATSAPP
ÁGIL DPVAT